Cuidados a ter com o consumo de adoçantes (Aspartame)...


Olá a todos!
 
Hoje trago-vos um assunto um pouco sensível. Trata-se de um adoçante chamado Aspartame, e que se encontra na grande maioria dos produtos sem "adição de açúcar", e que agora começamos a preferir devido á dieta.
 
Imagem  retirada da internet
 
Nas minhas viagens no mundo da internet, com as pesquisas que vou fazendo, já me tinha cruzado com artigos sobre os malefícios dos adoçantes, em específico sobre o Aspartame, mas o "clique" que tive para fazer desse assunto um post aqui no blog, foi o alerta que a leitora Ana An me fez em comentário, e que podem ver aqui.
 
Pelo que percebi, este adoçante, é criado através de uma transformação química do açúcar, e traz com ele ácido aspártico, fenilalanina e metanol, substâncias que podem ser nocivas ao nosso organismo. 
 
Para este post não ficar muito extenso, resolvi colocar os links dos artigos que li, que explicam de uma forma clara, o que é o aspartame, como é feito e porque se deve evitar.

 

Descobri também que existe um tipo de adoçante, chamado sucralose, que não é absorvido pelo organismo. Ele entra e sai intacto, pelo que não nos deixa calorias nehumas. Duas marcas que comercializam esse adoçante que é bastante popular na América, são a Stevia e a Splenda, mas infelizmente pelo que pude constactar em pesquisa, parece que esse tipo de adoçante ainda não é comercializado em Portugal.

Se estiver enganada e alguém já o viu por aí, partilhem por favor!

Imagem retirada da internet
 
Deixo-vos mais dois links, que falam na íntegra sobre este tipo de adoçante:

 
 
Pus-me então a  pensar, de que forma este alimento estava presente no meu dia-a-dia...
  • No café, não uso, pois mesmo antes de começar a dieta, já bebia café sem açucar. Este hábito foi-me passado pelo C. (o meu companheiro), pois quando surgiu a moda do café Nespresso em cápsulas, reparamos que os pacotinhos de açúcar comercializados por eles, correspondiam a metade da quantidade dos pacotinhos normais. A explicação para isto, é que desta forma sentimos o verdadeiro sabor do café. Assim sendo o C. começou a tomá-lo mesmo sem açúcar e habituou-se ao paladar. Eu resolvi segui-lo, e naturalmente nas primeiras vezes fiz "cara feia", mas é uma questão de hábito e hoje em dia bebo bem sem açúcar.
  • No chá também não uso adoçante. Quando comecei a dieta resolvi experimentar beber sem açúcar, tal como fiz com o café, e já estou habituada...
  • Na fruta, coloco apenas quando como morangos... comprei um adoçante da marca continente, e para o qual tenho de olhar melhor,  para ver a sua composição...
  • Na gelatina que uso, não sei qual é o adoçante, porque ainda não tive oportunidade de verificar, mas nos iogurtes sei que ele está presente...
 
Assim sendo, neste momento pouca opção de escolha temos, pois segundo o que percebi, praticamente todos os iogurtes têm o adoçante Aspartamo na sua composição... Não pretendo com este post criar um grande "Alarido" nas vossas cabecinhas, pois o que se diz é que o Aspartame pode ser prejudicial, quando ingerido de uma forma constante.

Contudo, na minha opinião, podemos sempre tentar evita-lo ao máximo, fazendo algumas substituícões...
 
Imagem retirada da internet
 
Pus-me a pensar, e já á algum tempo que queria experimentar fazer iogurtes em casa... inclusivé já tenho algumas receitas que encontrei na internet, que são feitos apenas com leite desnatado (leite magro) e 1 iogurte natural (logo não tem adoçante).

Se fizerem questão,  podem colocar a gosto um doce de fruta no fundo do potinho de iogurte. Pesquisei e na loja celeiro, vende uns potes de doce de fruta, que são adoçados com Seiva de Agave (que é mais saudável), que pode ser uma boa forma de dar aroma aos iogurtes. Podem também fazê-los mesmo com fruta passada no liquidificador, com maçã vermelha, por exemplo, que é docinha.

É claro que colocando a fruta no iogurte, estão a ingerir mais alguma frutose além da que já ingerem ao comer a fruta recomendada por dia (na 2ª fase), mas entre isso e ingerir aspartame... venha o Diabo e escolha.

Aqui vos deixo um exemplo de receita de iogurte caseiro.

Imagem retirada da internet

Em relação ás gelatinas, estas também possuem adoçantes, pois são bastante docinhas... Porque não inventar e fazer gelatina de um chá à escolha? Chá de maçã e canela, por exemplo, adicionando ao chá, folhas de gelatina, ou gelatina neutra em pó... Mesmo que coloquem adoçante, pelo menos controlam melhor a quantidade...

 

Ficam as sugestões...! É claro que não estou a sugerir, a ebolição dos iogurtes e gelatinas de compra, mas sim, a mostrar que se quisermos podemos ter alternativas, e quanto mais não seja, alguns dias da semana, por exemplo, optar por estas opções mais saudáveis!

Mas claro, isto é o que eu penso, cada um sabe de si, e faz as suas próprias escolhas...  
 

Espero que este post tenha sido de algum interesse, e se resolverem experimentar fazer iogurtes em casa, digam como correu ;)
 
 

Fontes de pesquisa:

Iogurte caseiro - Site na cozinha dela

Adoçantes - Stop Cancer Portugal
                    Sucralose-pt.org
                    Portugal Mundial
                    Ora e Depois
                 
Avaliação

7 comentários:

  1. A Canderel tem um adoçante que se chama Canderel Green e que penso que será a mesma coisa. Não tenho a certeza mas pelo nome tem tudo a ver.
    http://www.canderel.pt/stevia/canderel_green.html

    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana, obrigada pela sugestão!
      Pelo que estive a ver de facto este adoçante não contém Aspartame, e sim extractos da planta Estevia, e a sua composição é:

      Ingredientes: lactose (de leite), edulcorante (glicosídeos de esteviol*), aromas, veículo (CMC reticulada), agentes anti-aglomerantes (sal de cálcio de ácidos gordos, dióxido de silicone). *Os glicosídeos de esteviol são os extractos naturais da folha de estévia.

      Contudo tem muitas outras substâncias, e em pesquisa li o seguinte:

      Esteviosídeo - stévia

      O seu poder adoçante pode ser 300 vezes superior à sacarose. Não contêm calorias. Extraído da planta stevia rebaudiana, planta nativa da América do Sul. Uma vez que a stevia é uma planta ela contém outras propriedades que complementam o seu poder adoçante. Estudos apontam o seu poder em suprimir o crescimento bacteriano nos dentes, regula a pressão arterial, tem poder diurético e de regular os níveis de açúcar no sangue. Não houveram ainda efeitos colaterais associados, por isso deve sempre que possível ser o edulcorante de escolha. O seu sabor doce não é afetado pelo aquecimento então pode ser utilizada em chás e outras bebidas, além do preparo de sobremesas em substituição ao açúcar. Existem diferentes marcas de estevia no mercado, cada uma com um sabor diferente. Alguns produtos oferecem a stevia associado a outros adoçantes (ex: ciclamato e sacarina) enquanto outros oferecem a stevia pura.

      É uma questão de se procurar por um que a contenha de uma forma mais pura. Ainda assim parece ser uma boa opção enquanto não se encontra outro...

      Eliminar
  2. Excelente pesquisa fizes-te Nocas! Muito obrigada já fico de facto mais elocidade e tal como tu, não conseguirei anui a 100% o aspartame mas tentarei reduzir ao máximo, isso sim! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, ainda bem que gostas-te! Espero que seja útil também, para muitos outros leitores ;)

      Eliminar
  3. excelente post! A canderel já tem Stevia (adoçante feito a partir de uma planta) e vende-se no continente, é preferivel usar stevia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fashionista!
      Muito Obrigada! Sim, já andei a espreitar o site da Canderel e de facto esse parece ser uma boa opção!

      Eliminar
  4. Olá , só para informar as amigas, já comprei no intermarché sucralose em comprimidos da marca REGAIN, tem 0% de calorias.

    ResponderEliminar

Deixa aqui o teu comentário / dúvida, responderei o mais breve possível!