Rubrica de Fitness - "O stress e a gordura" - por Alícia Reis


O que é o cortisol?

É uma hormona corticosteroide da família dos esteroides, produzido pela parte superior da glândula suprarrenal, que está diretamente envolvido na resposta ao stresse.





Afirma-se que o aumento dos níveis de cortisol provocado pelo excesso de stress, irá na verdade aumentar a gordura abdominal.


Esta informação está baseada numa investigação que mostrou uma associação entre a secreção de cortisol induzida pelo stress e a gordura abdominal.

Em linguagem científica, as células de gordura visceral são mais “metabolicamente ativas” do que as células de gordura subcutânea. Não só são mais sensíveis aos efeitos do cortisol em circulação do que as células adiposas de outras partes do corpo, como também têm mais recetores que respondem ao cortisol ativando enzimas que armazenam gordura.
No entanto, a associação entre a gordura corporal e o cortisol tem pouco a ver com o aumento de curta duração do cortisol, que ocorre durante e depois do exercício.

O verdadeiro problema ocorre quando os níveis de cortisol permanecem elevados durante períodos de tempo prolongados, o que acontece muitas vezes devido ao stress físico e/ou psicológico constante.
As pessoas que segregam grandes quantidades de cortisol em resposta ao stress, são as que têm maiores probabilidades de comer mais como forma de lidar com esse stress. Quando podem escolher os alimentos para comer, elas normalmente irão escolher os alimentos mais ricos em gordura e açúcar.

Por isso, se você produz cortisol em excesso, existem boas probabilidades de que irá preferir os alimentos mas ricos em açúcar e gordura sempre que os seus níveis de stress começarem a subir. Para além disso, muitas das calorias extra que irá ingerir durante um “ataque de comida”, irão ser armazenadas na sua barriga.

Mas apenas para repetir, esses problemas estão associados à exposição prolongada aos níveis elevados de cortisol. O aumento de curta duração do cortisol durante e depois do exercício não é algo com que precise de se preocupar.

Monitorize os seus progressos numa base semanal. Verifique a sua forma ao espelho, o seu peso na balança, a forma como as suas roupas lhe assentam na cintura e os seus níveis de força no ginásio.

Para além disso, para obter valores mais exatos da sua percentagem de gordura corporal, pode usar acessórios como as pregas adiposas (fat calipers) e máquinas específicas que muitas vezes estão presentes nos ginásios.




  
Avaliação

2 comentários:

  1. Nossa meu deus n posso ficar nervosa, gostei muito desse post parabéns !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) e seja bem vinda ao blog.
      Beijinhos

      Eliminar

Deixa aqui o teu comentário / dúvida, responderei o mais breve possível!