Perda de peso = Aparecimento de estrias


Olá a todos!

O tema do post de hoje, é sobre as malditas estrias.

Imagem retirada da internet 


É verdade que na luta pelo excesso de peso, nem tudo podem ser boas notícias, não é? Perdemos uns quilinhos, ficamos felizes da vida, mas quando damos por ela deparamo-nos com um novo martírio, o aparecimento de uns raios na nossa pele!

Aconteceu comigo, e penso que alguns de vocês também se identificam com este problema. 

Decidi então, fazer alguma pesquisa para ficar a saber mais sobre as estrias, e o que é possível fazer para melhorar o aspecto da pele.

O que são estrias?

As estrias são resultado do rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermédia da pele, formada por colágeno e elastina (responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade). 
As estrias afectam homens, mulheres em idade adulta ou durante a adolescência, mulheres em gestação, e até mesmo crianças. As estrias geralmente são comuns nos seios, anca, coxas e nádegas.

Imagem retirada da internet 

Tipos de estrias:

Existem dois tipos de estrias: as vermelhas e as brancas. 

As estrias vermelhas são as mais recentes, duram alguns meses nesse estado, antes de ficarem brancas. Elas têm essa cor, pois ainda têm vascularização adequada e nutrientes, pelo que ainda é possível tentar recuperar essa pele. Se tratada rápida e adequadamente, pode melhorar em até 100% e desaparecer totalmente. 
As estrias brancas já estão numa fase posterior ás estrias vermelhas, uma vez que não foram tratadas a tempo, ou até mesmo, pelo facto de terem continuado a ser distendidas (por exemplo, a pessoa continuou a engordar). 



Imagem retirada da internet 

As estrias, não só mudam de cor, como também, com o tempo ficam mais fundas, com aparência de “pele envelhecida”, perceptível ao se passar as mãos por cima da pele, e podem ficar mais largas e compridas. 
No caso das estrias brancas, já não se consegue elimina-las totalmente, mas podem ser melhoradas em até 70%. Este critério de melhora abrange tudo, tanto a cor que começa a se aproximar mais da cor da pele da pessoa, a largura diminui bem como a profundidade (que fica mais nivelada com a pele), ficando a estria menos perceptível ao toque. 

Ao olhar de perto, ainda será possível observá-las, mas ficam bem mais discretas. 

Tratamentos:

É importante frizar que a estria é uma cicatriz, e que os tratamentos melhoram o seu aspecto, mas não as fazem sumir por completo. A melhor forma de combater o seu aparecimento é a prevenção, por isso, é importante hidratar bem a pele diariamente com hidratantes específicos que combinem componentes emolientes, óleos e vitaminas. 

As pessoas com tendência a ter estrias devem redobrar os cuidados e ter alguma disciplina com o tratamento. É sempre recomendado manter hábitos de vida saudáveis de forma a evitar o ganho exagerado de peso, bem como a posterior perda de peso igualmente exagerada.

Hoje em dia, existe uma variada oferta de tratamentos estéticos, sendo que o mais indicado a fazer é a terapia combinada, que consiste em associar o tratamento em casa com os aparelhos em consultório. 

Alguns exemplos de tratamentos estéticos possíveis:

  • Aplicação de Ácidos 
  • Peeling 
  • Subcisão 
  • Dermoabrasão 
  • Intradermoterapia 
  • Tratamentos a laser 
  • Luz pulsada 
  • Aplicação de Cremes em casa 
Nesta minha pesquisa encontrei um exemplo de tratamento para fazer em casa. 

Achei uma boa opção para quem não pretende ou até não pode no momento empatar algum dinheiro em Centros de Estética.

Receita de creme caseiro para estrias:

Além de ser muito fácil de fazer, também conta com a vantagem de poder ser aplicado em casa, a qualquer hora, e ainda promete óptimos resultados.

Ingredientes:

  • 1 creme nívea (lata azul) 
  • 1 tubo de hipoglós 
  • 1 ampola de aerovit (vitamina A) 
  • 1 vidro de óleo de amêndoas (100 ml) 

Misturar todos os ingredientes e colocar num frasco limpo, fechado e manter no frigorifico.
O creme pode ser utilizado nos seios (evite a aréola mamária), barriga, pernas e glúteos.


Dicas para diminuir as estrias:

  1. Abuse dos hidratantes. Fórmulas com ativos que ajudam a segurar as moléculas de água na pele são os melhores, como a uréia, o PCA-Na e o D-Pantenol.
     
  2. Os óleos também ajudam bastante, como o de amêndoas, o de rosa mosqueta, o de bétula e o de uva.
  3. E componentes que tornam o tecido mais firme e resistente como o elastinol e densiskin. 

Não vos posso dar a minha opinião quanto aos resultados deste tratamento, pois ainda não experimentei, apenas resolvi partilhar!

Se experimentarem e gostarem deixem em comentário a vossa opinião.
Beijinhos, e desejos de bons resultados. 💋😉


-------------------------------------------------------------------------------------

Actualização:


Uma querida leitora que não encontrava o frasco de hipoglós cá em Portugal, simpaticamente enviou-me um e-mail a informar que o "Hipóglos" se trata do Halibut que se utiliza nos bébés. ;)

-------------------------------------------------------------------------------------

Fontes de pesquisa:

Frango com batata doce / Minha vida / Toque feminino / Wikipédia


Avaliação

3 comentários:

  1. Ola, :-)

    antes demais parabéns pelo Blog, é bastante informativo e interessante. Vou certamente começar com esta dieta dos 31 dias, pois apesar de ser a dieta da moda, parece ser a mais apropriada a qualquer carteira, lol...
    Esta dica das estrias, realmente chamou-me atenção, pois tenho bastantes na zona do rabo e pernas, devido à mh adolescência, e entrada na puberdade... mas tem alguns ingredientes que não conheço, faz ideia onde se pode adquirir
    1 tubo de hipoglós
    1 ampola de aerovit (vitamina A)

    Obrigada.

    Bjinhos

    Ass: butterfly ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá butterfly! Muito obrigada!

      Ainda não fiz este tratamento, mas pelo que percebi ao fazer a pesquisa, hipoglós é uma pomada, penso que talvez se encontre em qualquer farmácia.
      Já a ampola de aerovit (vitamina A), li que se encontra em algumas lojas de produtos de beleza e cosméticos, e penso que talvez se encontre também na farmácia ou até numa ervanária.

      Se encontrar depois partilhe, bem como os resultados do tratamento... ;)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olá Butterfly, o Hipoglós é o "nosso" Halibut usado nos bébés.
      Já actualizei o post.
      Beijinhos

      Eliminar

Deixa aqui o teu comentário / dúvida, responderei o mais breve possível!